quarta-feira, setembro 03, 2008

Velha Vinífera #5 – 02/08/2008 Austrália

Noite memorável na Enoteca Decanter em que provamos um dos melhores vinhos de 2008. Poucos vinhos oferecem tanto na faixa de preço em que se encontra o Schild Estate Shiraz 2005. Vale muito tê-lo na adega para tornar especial um bom momento.

SHADOWS RUN 2005
Um corte de Shiraz com Cabernet Sauvignon que se revelou bem escuro e brilhante. Aroma fresco, de média intensidade, com frutas escuras, especiarias e alcaçuz. Boca meio desequilibrada com álcool aparente. Confirma alcaçuz e tem excelente final. Álcool 14%. R$54,00 .

SCHILD ESTATE SHIRAZ 2005
Ruby brilhante com um tom laranja, meio atípico para Shiraz. Na primeira abordagem, o aroma estava marcado pela madeira e apresentou especiarias, pimenta preta, couro e tabaco.
Durante a prova foi abrindo mais, ficando mais intenso e rumando para o couro. Mostrou muita complexidade e revelou fruta à framboesa, ameixa clara e floral. A cada vez que voltava a ele encontrava aroma diferente. O frescor chegou a comparar-se à menta.
Boca doce, encorpada, com ótima estrutura e taninos redondos. Vinho com excelente potencial de envelhecimento. Termina bem, com boa permanência e certo frescor. Álcool 14,5%. R$102,00 . VV! 93. WS 93.
Com a confraria Velha Vinífera não pontuava vinhos porque o objetivo da degustação não é este, porém o Schild Estate obrigou-me à avaliá-lo. Precisava ter certeza, na análise objetiva, se realmente ele ficaria tão bem. A maior surpresa não foi a minha nota, mas a nota da Wine Spectator e sua classificação como 16º entre os Top 100 de 2007 da revista.
Nem sempre concordamos com avaliadores de outros meios de comunicação, todavia este é um caso de absoluta concordância. O Schild Estate é um grande vinho, consistente no olfato, no paladar e na estrutura. Um dos melhores exemplares em sua faixa de preço.

KILIKANOON GRENACHE 2004
Cor interessante, mais clara do que estou acostumado para vinhos tintos. Aparenta leveza. Aroma intenso, potente. Frutas e madeira bem presentes. Suave geléia. Boca interessante, corpo um pouco mais leve, porém longe de ser defeito. Bem doce. Equilibrada delicadeza, com taninos vivos. Álcool 15%. R$ 124,00.

Um comentário:

QIC disse...

Noite boa... a Austrália rendeu momentos fantásticos, mas não tem como negar: Schild Estate Shiraz 2005!!!
Valeu a delícia de "brincar" com a sua evolução... a cada nova visita à taça ele se mostrava diferente e ainda melhor.
Mais um encontro fantástico em nossa confraria!
Parabéns pela organização de sempre.