domingo, outubro 26, 2008

Santa Julia Tempranillo Oak Aged 2007

Aparêcia bem escura e violácea. O aroma começou com baunilha e uma incômoda acetona. Com o tempo, o aroma vai-se resolvendo e ficando entre frutas vermelhas e baunilha. De minha experiência com tempranillo argentino, frutado e baunilha realmente predominam. Na boca é um tanto desequilibrado.
Muito diferente da maioria das edições dos Tempranillo-Malbec da Santa Julia. Difícil encontrar vinhos na casa dos R$15,00 em Curitiba com custo-benefício tão bom. Como gosto do corte, resolvi provar este varietal um pouco mais caro da mesma vinícola, porém não agradou.O álcool e a acidez estavam muito proeminentes e incômodos. Algum calor e final inadequado.
A vinícola Zuccardi consegue bom resultado com a Tempranillo em várias faixas de preço. Pena que não acertou no Oak Aged.
Comparando com o Fortaleza do Seival da Vídeo Degustação #1, o nacional é superior a este, mostrando que o Brasil pode competir. É claro que comprado na Argentina este vinho sairia por uns R$8,00 ou menos, mas comprando aqui o da Miolo é melhor.13% de Álcool. R$28,00 no Wall Mart Cabral. VV! 79.

Um comentário:

Marcelo Stepon disse...

Caros amigos,
Estou querendo comprar um vinho Santa Júlia , reserva ou gran reserva . Lí o artigo sobtr o tempranilho aged e dessisti de comprá-lo; vc poderiam me indicar um Santa Júlia para ocasiões especiais e onde posso comprá-lo aqui em São Paulo?
Grato pela atenção.
Meu email é : mstepon@ig.com.br